(51) 3237-7210 | (11) 2691-5546|genebra@genebraseguros.com.br
Seguro Fiança Locatícia2020-10-19T14:17:52-03:00

Seguro Fiança Locatícia

A Maneira mais Econômica de Garantir o seu Aluguel!

Sobre o Seguro

O Seguro de Fiança Locatícia constitui uma das modalidades de Garantias Locatícias previstas na Lei do Inquilinato. Configura-se a melhor modalidade de garantia locatícia pois abrange a totalidade dos débitos locatícios. Substitui a figura do fiador, a carta de fiança bancária, a caução ou o título de capitalização, acarretando inúmeras vantagens e benefícios, tanto para o locador quanto para o locatário.

O produto preserva o patrimônio e a renda de quem possui o imóvel locado, sendo utilizado na locação de imóveis residenciais, não residenciais (consultórios, escritórios etc) e comerciais (lojas, prédios, galpões e outros). Suas várias opções de cobertura oferecem segurança e tranquilidade para proprietários, inquilinos e imobiliárias durante todo o período contratual, que pode ser renovado sucessivamente, de forma simples e descomplicada.

Cotação Online

    Nome

    E-mail

    Telefone

    Cidade

    Valor do Aluguel

    Valor do Condomínio

    Duração do Contrato (meses)

    Coberturas

    O seguro protege o proprietário do imóvel contra o risco de inadimplência do inquilino. O seguro cobre não apenas o valor do aluguel, mas também custos com condomínio, água, luz, danos ao imóvel, danos aos móveis, pintura do imóvel e multas por rescisão contratual.

    • Pagamento de Aluguel

    • Condomínio

    • IPTU

    • Água

    • Luz

    • Encargos Legais

    • Multa por rescisão contratual

    • Pintura interna e externa

    • Danos aos Móveis

    • Danos ao Imóvel

    Vantagens para o locatário (inquilino)

    Agilidade na aprovação do contrato de locação, custo atrativo em relação a título de capitalização e fiança bancária.

    Vantagens para o proprietário

    Trata-se da única modalidade de garantia locatícia em que, na ocorrência da expectativa de sinistro, os pagamentos antecedem a decisão judicial.

    As coberturas contratadas garantem o pagamento dos aluguéis, encargos da locação, danos ao imóvel, pintura, multa rescisória e direito ao reembolso das custas judiciais e de honorários advocatícios.

    Total segurança nos contratos de locação, evitando o risco de fraudes.

    Vantagens para a imobiliária

    Agilidade e segurança nas locações, permitindo imediata assinatura dos contratos e entrega das chaves após aprovação cadastral.

    Redução de custos com a transferência dos processos de cadastro e análise de risco para a Seguradora.

    Garantia de recebimento da taxa de administração, mesmo em situação de inadimplência do inquilino.

    Perguntas Frequentes

    Qual é a diferença entre o seguro fiança locatícia e o título de capitalização?2021-01-15T18:11:15-03:00

    Apesar de ambos os produtos terem como objetivo garantir o pagamento do aluguel de imóveis, eles possuem diferenças importantes.

    No seguro fiança locatícia o inquilino (quem paga o aluguel) contrata o seguro, que vai garantir o pagamento do aluguel, bem como de outros encargos durante a vigência do contrato de aluguel e a indenização de eventuais danos ao imóvel. Geralmente esse seguro custa uma fração do valor dos aluguéis, por exemplo, para um aluguel de R$1.000 por mês, é comum o seguro custar R$1.500 pelo período de 12 meses.

    Já o título de capitalização, envolve a compra de um título, cujo valor será disponibilizado ao proprietário do imóvel em caso de inadimplência do contrato de aluguel. Para contratar o título de capitalização, o inquilino deverá desembolsar o valor total do título logo na contratação. Dessa forma, para um aluguel de 12 meses, cujo valor do aluguel é de R$1.000 por mês, o custo do título será de aproximadamente R$12.000.

    Via de regra, para o inquilino que tem recursos disponíveis, vale mais a pena contratar o título de capitalização. Já para o proprietário, a garantia maior advém da contratação do seguro fiança locatícia, visto que frequentemente os custos envolvidos com outros danos, como danos ao imóvel e os custos com um processo de despejo frequentemente superam o valor depositado no título de capitalização.